Presença Digital e Ferramentas para o Marketing Imobiliário

12/07/2020

As construtoras e imobiliárias não podem mais estar fora do ambiente digital. Pois estamos vivendo uma grande transformação onde a nova economia está cada vez mais dependente do mundo virtual.

A pesquisa realizada em 2018 pela Organização das Nações Unidas - ONU, revelou que o planeta chegou a 4 bilhões de usuários de internet, sendo em sua maioria nas regiões urbanas.

Mas muitas ações estão sendo feitas por grandes grupos empresariais para distribuir sinal e disseminar ainda mais o uso da internet em lugares que ainda não tem acesso. Ou seja, em poucos anos, todo o planeta estará conectado.

A We Are Social (2018), publicou que no Brasil o número de pessoas conectadas chega a 120 milhões. O nosso país é terceiro do ranking em tempo diário de consumo de internet. Os brasileiros ficam em média nove horas por dia conectados. Por isso é primordial que construtoras e imobiliárias tenham presença digital, pois seus clientes estão navegando e pesquisando na rede a sua próxima aquisição do imóvel.

É importante também acompanhar as evoluções deste novo cenário digital e entender o comportamento dos consumidores imobiliários no mundo virtual. Pois isso apoia a criação de estratégias de comunicação e relacionamento visando a performance em vendas, a conquista de mercados e a fidelização de clientes.

Não adianta apenas ter um site e estar nas redes sociais, é necessário definir estratégias e criar valor para obter resultados reais. Em resumo, a presença digital é definida como um conjunto de decisões estratégicas para inserir a marca e os seus empreendimentos num ambiente digital, de tal maneira, que haja crescimento na geração e captura de valor.

Sete ferramentas de promoção e vendas all-line

A comunicação mercadológica é a forma como as construtoras e imobiliárias informam, persuadem e lembram o seu público-alvo sobre os seus empreendimentos.

É um meio para apresentar os atributos físicos, sensoriais e simbólicos aos consumidores de tal maneira que se crie relacionamentos sustentáveis.

Para que isso ocorra podemos contar com um conjunto de ferramentas de promoção e vendas.

Eventos e experiências - podem ser atividades elaboradas e patrocinadas por empresas que proporcionam experiências relacionadas as características das marcas patrocinadoras. São eventos esportivos, exposições, shows, festivais artísticos, entre outros formatos.

Promoção de vendas - são ações para acelerar o processo de compra, oferecendo uma vantagem temporária. Também podem ser sorteios, campanhas e concursos.

Publicidade - é uma maneira de divulgação de produtos, serviços e ideias, mas com a característica de ser espontânea, ou seja, sem uma contratação comercial.

Propaganda - é um formato de difusão remunerada de ideias, produtos e serviços de uma empresa, onde o anunciante paga pela veiculação.

Relações públicas - é a comunicação feita através de pessoas e/ou representantes da marca com seu público alvo. Tem o objetivo de construir e promover a imagem de uma empresa e seus produtos.

Marketing digital - é baseado em plataformas tecnológicas em ambientes virtuais, como redes sociais, sites, marketplaces, para complementar as ferramentas tradicionais de comunicação.

Boca a boca - é a comunicação espontânea entre pessoas, sobre assuntos referente a marca em questão. É muito comum nos dias atuais as conversas serem iniciadas por ações de marketing com interesse em viralizar.

As construtoras e imobiliárias devem avaliar, selecionar e definir em suas estratégias de comunicação quais as ferramentas promocionais que irão produzir melhores resultados com seu público-alvo.

22 Ferramentas de comunicação

Vimos acima as principais ferramentas de promoção e vendas que podem contribuir com o mercado imobiliário. Agora vamos tratar as diversas ferramentas de comunicação que potencializam a exposição da marca e dos empreendimentos para o público-alvo definido.

Mala direta: são cartas e correspondências enviadas diretamente aos consumidores, tanto em suas residências como em endereços comerciais. Sua força está na personalização e segmentação.

Folders: são lâminas com dobras, e isso os diferencia dos flyers. Sua principal característica é que possuem formato de prospecto e geralmente são feitos com maior gramatura de papel do que o flyers.

Flyers: são folhetos impressos em lâmina única. Muito utilizados pelo mercado imobiliário. Pois podem ser entregues em mãos, distribuídos em estabelecimentos comerciais, semáforos e nas imobiliárias e construtoras.

Sites: são plataformas digitais com informações escritas e imagens sobre os empreendimentos e a empresa. Atualmente existem recursos tecnológicos excelentes para facilitar a navegação e além disso coletar dados dos visitantes para ações de marketing.

Hotsite: sua vocação é totalmente de natureza promocional e geralmente é estruturado para ações temporárias. Muitas incorporadoras criam hotsites para seus empreendimentos até que sejam vendidos.

Landing page: com o objetivo de captar leads e suas informações, a landing page é criada em formato de uma única página.

Empenas: são estruturas de grande porte para a veiculação de propaganda fixada em paredes de edifícios que não tem janelas. As artes são impressas em lonas e a iluminação é feita na parte frontal.

Outdoor: são grandes painéis e para a sua produção são utilizadas estruturas metálicas de grande porte. Feitos de lona ou papel com refletores frontais, geralmente com formato 9x3m.

Backlight: é um painel de estrutura metálica com fixação de lona translúcida, onde fica impressa a propaganda. A iluminação fica na parte interna da estrutura e por trás da lona.

Frontlight: painel de estrutura metálica onde é fixada a lona com a impressão da propaganda. A iluminação da arte é na parte frontal e externa.

Painel Luminoso: feito de estrutura metálica, dá sustentação ao conjunto, a qual tem o revestimento, geralmente, em chapa galvanizada, acrílico ou ACM. Oferece grande destaque a noite.

Merchandising: é uma ação de comunicação para ofertar diretamente no ponto de venda - PDV. São utilizados acessórios como; displays, testeiras de gôndola, ilhas, wobbler, néons, geladeiras tematizadas.

Product Placement: é uma ação de comunicação baseada na introdução de marcas e produtos, em conteúdos de entretenimento, como; jogos, séries, filmes, novelas.

Anúncio publicitário: geralmente são veiculados em canais de TV, rádios, jornais, revistas. Na mídia impressa, os formatos mais comuns, são; ¼ de página, meia página ou página inteira. Também na capa e contra-capa. Em TV e Rádio, são comuns inserções de 30 segundos.

Spot: é uma produção de áudio cantada utilizada como peça publicitária em rádio ou mesmo em tv. Tem locução simples ou mista (mais de duas vozes), com mixagem e música de fundo.

Jingle: é uma produção musical cantada para a memorização de uma marca ou produto.

Catálogo: são impressos ou digitais, com diversas páginas, contendo textos e imagens, com o objetivo de expor produtos de uma empresa.

Banner: pode ser físico (lona) ou virtual (em sites). Tem o objetivo de apresentar um produto de maneira simplificada e direta. No caso do banner virtual, tem a característica de fazer link com alguma página eletrônica promocional.

Mídias sociais: são todas as plataformas digitais de comunicação que geram receitas publicitárias para redes sociais. Instagran, Facebook e Linkedin, são exemplos de mídias socais.

Mobile Marketing: é termo usado que define as ações de marketing realizadas através de celulares ou dispositivos móveis; smartphones, tablets, smartwatches e wearables devices.

Search Engine Marketing (SEM): são técnicas e ferramentas que e utilizam os sistemas de buscadores digitais através de algoritmos. O buscador mais conhecido pelo mercado é sem dúvidas, o Google.

Marketing de Conteúdo: ações que visam a construção de valor para os consumidores através de conteúdos de qualidade referentes aos significados das marcas e dos produtos da empresa.

Criar estratégias vencedoras de comunicação vai depender de uma profunda avaliação do mercado, público-alvo e seu comportamento, além do momento em ele se encontra na sua jornada de compra.

Não adianta querer usar este arsenal de ferramentas de promoção e comunicação, senão estiver bem definidos os objetivos das campanhas e o tipo de mercado.

Nosso intuito é que você possa selecionar as melhoras ferramentas para vender mais imóveis e de maneira mais efetiva e sustentável.

Um abraço,

Marcelo Almeida

Diretor na Motriz Assessoria  Imobiliária

www.motrizassessoria.com.br